Diego Libardi é advogado e formado em educação física ele que jogava futebol de várzea assinou contrato com um time do Afeganistão e parte para um vibrante campeonato nesse paraíso oriental. Diego disse que depois de passar pela chefia de gabinete em Marataízes e de subir a rampa maratimba com o prefeito tucano carregado nos braços do povo terá de conviver com as agruras e do cargo.

“PQP, tem um baixinho de cabeça branca que não sai do meu pé. Sai de mim chulé. Edis insaciáveis querendo a todo custo governar. Até ai tudo maravilha, mas tem um jornalista gordo que me chama de “Garoto Notável” ou de Primeiro Ministro. Um advogado afrodescendente com mais ciúme de mim do que minha namorada. Tem gente reclamando que não colocaram um chef de cozinha. Pow, onde colocá-lo? Na residencia do prefeito? Isso dá improbidade. Me comparam com Vilsimar sem a cabeça grande, ou uma mula manca. Tenho de morar aqui e não jogar minha pelada na beira rio. Agora, me diga vou aceitar ou não esse contrato que não tem risco nenhum?” Indagou Diego Libardi

O advogado atleta nos informou que seria contratado pelo Estado Islâmico que está montando um time para divulgar para o mundo que são apaixonados por esportes. Pois é, só não assinou ainda o contrato pelo simples motivo que, se por acaso perdesse gols de cabeça, a próxima seria a sua.

Aviso aos Navegantes

Somos apenas um site humorístico e todas as postagens são fictícias, nosso compromisso com a credibilidade é ZERO e o humor é base fundamental do nosso jornalismo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.