O surfista Maratimba Baja que está disputando a etapa do mundial de surfe no Hawai promete desbancar os outros brasileiros e mostrar que a ‘tempestade brasileira’ nasce em Marataízes.

Além de Baja e Medina também avançaram na repescagem de hoje, Mineirinho e Toledo que também disputam o título mundial com os australianos Mick Fanning, líder do ranking da WSL, e Julian Wilson. Outro surfista com chances de conquista, Owen Wright ficou fora da etapa de Pipeline devido a uma concussão.
image
“Vou mostrar para Medina que a tempestade brasileira começa no Espírito Santo, mais precisamente em Marataízes, ele pode desbancar Kelly Slater, mas aqui o chopp é sem colarinho, valeu”! Disse Baja.

Aviso aos Navegantes

Somos apenas um site humorístico e todas as postagens são fictícias, nosso compromisso com a credibilidade é ZERO e o humor é base fundamental do nosso jornalismo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.