Um grupo de Maratimbas se reuniu ogo após a decisão de Eduardo Cunha abrir processo de impeachment contra a presidente Dilma. O encontro foi realizado na Praia Central de Marataízes e ficou acordado entre os presentes que cada um iria fazer uma campanha de sete dias de oração até a saída da presidente.

Entramos em contato com um assessor muito suspeito da presidente e ele informou que se os encontros continuarem sendo feitos em local público ela iria mandar o exército descer o pau nos coxinhas.

Aviso aos Navegantes

Somos apenas um site humorístico e todas as postagens são fictícias, nosso compromisso com a credibilidade é ZERO e o humor é base fundamental do nosso jornalismo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.