Jornalista de Marataízes come 58 caquis e acaba no hospital
Jornalista de Marataízes come 58 caquis e acaba no hospital

Na manhã de quinta-feira (11/04) por volta das 11:00h o jornalista José Rubens Brumana, muito conhecido na cidade por suas matérias em padarias e restaurantes não resistiu a tentação do caqui.

Dessa vez o alimento escolhido foi um pouco mais saudável, ele acabou seduzido pelas caixas vermelhas dos caquis que estavam sendo vendidos na porta da Padaria da Barra.

“Eu parei para comer apenas uma caixa da fruta que contém 12 frutas, porém como estava chegando o meio-dia e ainda não tinha almoçado e acabei exagerando”, disse o Jornalista José Rubens.

Amigos que estavam no local pediam insistentemente para ele parar, mas teimoso como sempre continuou afirmando que comeria todas as caixas.

Entretanto quando chegou na 4ª caixa ele começou a desanimar e saiu para ir ao banheiro, no retorno ele ainda devorou mais 10 caquis. No entanto o grande número de açúcar no sangue prejudicou sua glicose. Ele foi socorrido, mas já passa bem.

Em postagem nas redes sociais várias pessoas ainda o alertaram sobre os riscos

“Estava tão gostosa a frutinha que acabei me excedendo, eu não sabia que caqui fazia mal a saúde, mas vou pegar mais leve da próxima vez. Só estou esperando chegar a época de jaca que também adoroooooo”. Disse José Rubens.

Esse foi mais um susto do gordinho mais querido de Marataízes que precisa manter a glicose controlada. Anos atrás ele parou no hospital ao devorar mais de 18 pastéis de queijo.

O médico que atendeu o jornalista preferiu não se identificar, mas recomenda que Zé feche a boca de uma vez e a partir de hoje comece a fazer exercícios físicos.

Depois dos 58 Caquis ele arrematou 18 pastéis em Marataízes!

Tem uma pauta interessante? Mande para gente, seu anonimato é garantido, pois gostamos mesmo é de fofoca e mentiras, MUITAS mentiras!

Aviso aos Navegantes

Somos apenas um site humorístico e todas as postagens são fictícias, nosso compromisso com a credibilidade é ZERO e o humor é base fundamental do nosso jornalismo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.