O exato momento do ataque foi flagrado por um Maratimba que não quis se identificar

O bombardeio americano com apoio do Reino Unido e França que deveria atingir pontos estratégicos na Síria acabaram errando o alvo e um dos mísseis acabou atingindo Marataízes. O desastre só não foi maior porque o míssil Tomahawk atingiu apenas um ginásio de esportes abandonado, por pouco não atingiu os prédios da Prefeitura Municipal, Fórum e Ministério Público.

Quem passa pelo local fica assustado com a destruição, o ginásio que foi construído em 2014, nunca chegou a ser inaugurado e hoje encontra-se totalmente destruído.

O míssel que atingiu o ginásio foi flagrado por um morador que prefere não se identificar por medo de represália dos militares americanos e da CIA. Veja a foto abaixo!

O prefeito municipal Tininho não acredita em erro, pois a distância entre Marataízes e a Síria é de 10.445 quilômetros. “Já mandei abrir um PAD para descobrir o que tinha naquele ginásio, ele foi construído pela administração anterior e não tenho nada com isso, não quero problemas com o presidente americano e também já acionei as forças militares brasileiras que devem chegar até amanhã na cidade”. Disse o prefeito.

Entramos em contato com o presidente americano Donald Trump que preferiu não se pronunciar sobre o caso, porém fontes da KGB afirmam que haviam suspeitas de que o alvo servia como depósito de armas químicas e que os sírios estavam usando contra civis naquele país. O Pentágono nega a informação e também não soube dizer como o míssil caiu em Marataízes.

Foto tirada um dia antes do ataque. O ginásio nunca foi aberto, o aumenta a suspeita de uma célula de terroristas sírios na cidade.

Aviso aos Navegantes

Somos apenas um site humorístico e todas as postagens são fictícias, nosso compromisso com a credibilidade é ZERO e o humor é base fundamental do nosso jornalismo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.